500 Pastores dos EUA convertidos ao Catolicismo ? O que está acontecendo?




500 CONVERSÕES AO CATOLISCIMO


REFERÊNCIAS E BIBLIOGRAFIAS
(1) Compilado por Chistopher Walker, Impacto, maio-junho, 2007, pp. 3,13 e 14.


O autor do livro "Por que estes ex-prostestantes se tornaram católicos?" O professor Jaime Francisco Moura, escreve na apresentação da sua obra:

"Tempos atrás, chegou até mim, um livro mostrando a conversão de Católicos ao protestantismo. Não podemos negar que tais fatos acontecem, mas como sempre digo: "A moeda tem dois lados, e infelizmente, nos é apresentado só uma face dela".
Todavia, não podemos esquecer, que existem milhares e milhares e milhares de protestantes convertidos ao Catolicismo. Só no ano 2001, 171 mil protestantes entraram na Igreja Católica nos EUA.
Na França foram quase 9 mil os que se prepararam para o batismo. De acordo com diversas fontes, 293 sacerdotes e 3 bispos anglicanos fizeram seus caminho de volta a Roma.
Nos EUA, são 500 os ministros protestantes que abraçaram recentemente o Catolicismo. "Não se trata de conversões emocionais mais intelectuais, de pessoas que têm razões para testemunha-las".

É importante notar que, enquanto as igrejas protestantes ganharam grande número de fiéis, a Igreja Católica ganha fiéis de maior qualidade, que conhecem a doutrina e a praticam de modo consciente. É interessante também observar testemunhos de ex-protestantes com os testemunhos de ex-Católicos.
Os dois grandes comunistas convertidos, Luiz Budenz, nos Estados Unidos e Douglas Hyde, na Inglaterra, em países protestantes, não procuraram uma seita protestantes, mas se encaminharam para a Igreja Católica que sabiam muito bem ser a única e temida inimiga do partido.

O grande rabino da Itália, Israel Zolli, ao fazer-se batizar na Igreja Católica, respondeu aos jornalistas que lhe perguntaram porque não abraçou uma das muitas confissões protestantes que também se dizem cristãs; "Protestar não é atestar.
Eu não faria injuria a ninguém se lhe perguntasse porque esperar 1500 anos para protestar". O grande sábio, o maior orientalista da Europa, com uma palavra pulverizou o protestantismo. A Igreja e só ela poderá salvar o mundo da chaga pestífera do ateísmo. Ela não morre; é divina. Cristo prometeu estar com a sua Igreja até a consumação dos séculos.

A esta Igreja de Cristo: Una, Santa, Católica e Apostólica, que o ex-ministro do Reino Unido, Tony Blair, deixou o anglicanismo e se converteu.
O padre Michael Seed, que já converteu outros políticos e aristocratas ao catolicismo e que reza missas semanalmente para o casal Blair em Downing Stret, disse recentemente a um grupo de amigos que o político trabalhista adotou a religião, afirmou ao jornal "The Times".
"Blair tem ido à missa todos os domingos. Vai sozinho quanto está no exterior, e não deixa de ir quando está com a esposa e os filhos", afirmou Seed. Outra fonte da igreja consultada pelo jornal disse que Blair é católico "por vontade" e não precisou de uma conversação formal.

O insigne educador, escritor e Presidente da Sociedade de Catequetas Latino-americanos, Irmão Nery, FSC, escreveu: "Já não é suficiente ser católico de nome, de família, de costumes, de tradição. Urge ser católico por conversão, opção pessoal, convicção, com firmeza nos conhecimentos, na coerência de vida, com um forte engajamento na Igreja e no dinamismo missionário no meio da sociedade' (13).
Foram estas características que levaram Tony Blair e outros abraçarem a Santa Fé Católica.
A Igreja Católica não sofre mais a evasão de seus fiéis. O número de católicos brasileiros surpreendentemente parou de cair. É a primeira vez que isso acontece desde 1872 - ou seja, são mais de 130 anos de queda, que se agravou nos anos 90. Segundo uma pesquisa inédita do Centro de Políticos Sociais da FGV/RJ, com base em dados do IBGE, a proporção de católicos manteve-se estável em 2000 e 2003: 73,8% do total de brasileiros.

Os evangélicos continuam sua marcha ascendente. Passaram de 16,6 para 17,9%. Só que agora estão arrebanhando fiéis entre os "sem religião" (14).
Pe. Inácio José do Vale
Pároco da Paróquia São Paulo Apóstolo
Professor de História da Igreja
Faculdade de Teologia de Volta Redonda
E-mail: pe.inaciojose.osbm@hotmail.com

REFERÊNCIAS E BIBLIOGRAFIAS
(1) Compilado por Chistopher Walker, Impacto, maio-junho, 2007, pp. 3,13 e 14.
500 Pastores dos EUA convertidos ao Catolicismo ? O que está acontecendo? 500 Pastores dos EUA convertidos ao Catolicismo ? O que está acontecendo? Reviewed by cristãos atitude on 20:06 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.