Intro AD

O Exorcista


por Renzo Allegri


Padre Gabriele Amorth é o líder de seis Rom
a exorcistas. Ele também é o exorcista mais famoso no mundo católico. As pessoas vêm vê-lo de todo o mundo para pedir ajuda para derrotar a opressão satânica, em outras palavras, para combater o diabo em todas as suas diversas actividades contra a humanidade.
Ele tem 78 anos e pertence à Sociedade de São Paulo , a Congregação fundada por Tiago Alberione, em 1914, conhecido por sua intensa atividade na comunicação de massa. Pe. Gabriele também, por muitos anos, esteve envolvido na mídia de massa, e editou a revista, Mãe de Deus. Assim como uma certa teologia, padre. Gabriele também licenciado em Direito. Tendo escrito vários livros e ensaios sobre a Virgem Maria, que adquiriu o título de especialista em mariologia foi nomeado membro da Pontifícia Academia Mariana Internacional . Mas desde que tenha sido confiado o papel de exorcista da diocese de Roma, seu tempo foi totalmente consumida pelo seu novo ministério. Hoje em dia ele é considerado o principal especialista do mundo sobre os problemas relativos a Satanás e sua atividade mal contra a humanidade. Ele é o "médico" por excelência para doenças causadas pelo mal, o "cirurgião que sabe como arrancá-las, lutar e preveni-los.
"Eu nunca teria pensado que eu seria convidado pela Igreja para cumprir essa difícil missão", ele declarou recentemente quando eu o conheci por esta entrevista. »Cardeal Ugo Poletti mandou-me o mandato, quando ele foi vigário da diocese de Roma e presidente da Conferência Episcopal Italiana ( CEI ).Felizmente, no início, eu era o ajudante de um dos maiores exorcistas que já existiu, o Padre. Cândido Amantini, um homem santo cuja causa de beatificação está prestes a ser aberto. Ele era um exorcista em Roma há 36 anos e era um professor incrível. "
É difícil marcar uma reunião com o padre. Amorth especialmente porque ele nunca tem um momento livre.Para esta entrevista, ele conseguiu poupar algumas horas numa manhã de quinta-feira, mas mesmo durante a nossa conversa, ele recebeu telefonemas de pessoas em todo o mundo que estavam precisando dele. "É incrível", diz ele, "para ver quantas pessoas procuram um exorcista, e infelizmente existem poucos padres que são capazes de ajudá-los. Por vários séculos, a Igreja tem negligenciado o ministério do exorcismo.
Ele fala com determinação. Sua fé é inabalável, com base nas Escrituras e nos ensinamentos da Igreja. Ele revela um profundo conhecimento dos temas que ele aborda, experiência sustentada por numerosos casos."Eu acho que deve ter realizado mais de 70.000 exorcismos em minha vida. Os problemas que eu sou chamado para lidar com todos os povos preocupação dias que estão sofrendo fisicamente, psicologicamente e espiritualmente. Esses problemas são causados ​​pelo demônio. Às vezes eles são tão graves que levam uma pessoa ao suicídio ou morte. Diante de muitos sacerdotes que se revelam cépticos, indiferentes, ou que consideram que estes problemas sejam fruto da imaginação ou obsessão, eu fico muito irritado. "

Mas realmente existem padres que são céticos sobre este tema?
"Muitos, se não muitos! A cultura contemporânea religiosa, embora não negando a existência de Satanás e os outros anjos rebeldes, está inclinado a diminuir a sua influência sobre as pessoas. Desacreditar esta influência é quase obrigatória e é considerado um sinal de sabedoria. Esta mentalidade, que é completamente errado, é comum não só entre os leigos, mas também entre sacerdotes, teólogos e até mesmo bispos, as conseqüências práticas das quais são de longo alcance.
Com base em que você julga essa mentalidade de ser "completamente errado"?
"Com base na Sagrada Escritura, os Padres Apostólicos, dos Conselhos e da tradição da Igreja. Desde o início, a Igreja ensinou que o mal, dor, pecado, morte e inferno não são obras de Deus. São obras de Satanás. Deus criou tudo para ser "bom". Satanás era o mais perfeito de todos os anjos, mas ele se rebelou contra Deus e se tornou seu inimigo. Satanás corrompeu Adão, apresentá-lo ao pecado e ao mundo do mal, morte, dor e doença. Deus, para reparar a ruptura causada pelo pecado de Adão, enviou Seu único Filho Jesus à Terra para redimir a humanidade através da Sua paixão, morte e ressurreição. Mas a batalha continua. Os seres mortais, durante sua experiência na terra, são abençoados com a liberdade. Eles podem escolher entre o bem eo mal, entre Deus e Satanás. Jesus, enquanto Ele estava na terra, indicou o caminho para a salvação, e Ele estabeleceu a base de uma organização, a Sua Igreja, que é o guia seguro para o Reino eterno, e defesa contra ataques de Satanás. A experiência de cada pessoa, em sua dimensão espaço-temporal, é um teste, uma batalha, um desafio para alcançar a vida eterna. Jesus trabalha através de Sua Igreja, Satanás através de seu império do mal. Ignorar estas verdades simples não significa ter uma consciência verdadeira. Infelizmente, os cristãos já não acreditam nessas coisas esses dias. Há uma tendência prejudicial para remover Satanás e aos outros espíritos do mal. Mas, dessa forma, seu poder só aumentou. Talvez por isso, neste dia e idade, Satanás é tão poderosa e sua influência sobre a humanidade é tão grande. "
Alguns teólogos, quando eles citam o Evangelho e as Escrituras sobre Satanás, declaro que esses são temas que precisam ser interpretados.
'Veja! Mesmo que você descobriu como muitos teólogos afirmam que "interpretar" a Sagrada Escritura sobre este assunto picadas. A realidade é muito sério, áspero e terrível para ser aceito ao pé da letra e assim por esse motivo eles se voltam para "interpretações". Interpretações que estão errados e que vai contra o Evangelho. A existência do diabo e sua influência perversa sobre as pessoas é um fato incontestável da Igreja. São João escreveu claramente em seu Evangelho que Cristo desceu do céu e se fez homem para destruir a obra do diabo. toda a vida "Jesus foi dedicado a esse objetivo. Existem inúmeros exemplos concretos. Os Padres da Igreja sempre ensinou esta verdade sem hesitar. Somente em poucos séculos atrás que esta doutrina perdeu sua força: não é por causa do ensino ChurchÕs, mas por causa de alguns teólogos. Oficialmente, a Igreja sempre afirmou a existência de Satanás e sua influência negativa, mas, na prática, o clero tem sido influenciado pelas teorias que questionam a existência de Satanás. Algum tempo atrás, um pesquisador realizou um inquérito entre os sacerdotes católicos, e os resultados mostraram que dois terços aceito, em teoria, a doutrina tradicional sobre o Diabo, mas que rejeitou as consequências práticas. E, no entanto, em 29 de junho de 1972, o Papa Paulo VI explicitamente abordado o tema de Satanás durante a missa em São Pedro. Ele o chamou de "o inimigo da humanidade 'preternatural ser" eo acusou de querer destruir os frutos do Conselho. As reações do mundo dos leigos e teólogos modernistas eram violentas, mas eles não intimidar o Papa, que em 15 de Novembro do mesmo ano voltou ao tema, esclarecendo que "Satanás é o inimigo número um, ele é o tentador par excellence . Sabemos que esta escuro e perturbador para o ser existe e funciona de verdade ... ele é o tentador sofista do equilíbrio moral da humanidade ... " No final de seu longo discurso, o Papa afirmou categoricamente: "Quem se recusa a reconhecer a realidade do diabo e eclesiástica rejeita o ensinamento bíblico. ' Não há dúvidas de qualquer espécie: negar a existência do diabo destrói a Redenção de Cristo. Quem não acredita na existência do Diabo, não acredita no Evangelho e na Igreja. "
Está exorcista líder da Igreja. Como você começou essa atividade?
"Por acaso. Por muitos anos, fiz meu papel normal, como padre, ouvindo confissões, pregação, missa, administrando os sacramentos e, sobretudo, escrever livros e artigos no espírito de nós seguidores de S. Paulo. O diabo e exorcismos só me interessava, do ponto de vista teórico.
"Eu era uma boa amizade com o cardeal Ugo Poletti ex-vigário geral de Roma. Um dia, em Junho de 1986, eu fui vê-lo e quando nós estávamos conversando ele saiu que eu conheci o Padre. Cândido Amantini. "Você sabe o Padre. Candido? perguntou o cardeal. "O sacerdote tem necessidade de ajuda, porque ele está muito doente, você deve ajudá-lo." Começou a escrever em papel timbrado. Eu percebi que ele estava me atribuindo o papel de assistente de exorcista e eu comecei a protestar. "Não, eu não posso, você sabe que eu sou um canalha, eu sou apenas boa em contar piadas e jogando partidas", mas sem sucesso. Deixei o cardeal com o papel de assistente do padre exorcista. Candido, e é assim que tudo começou. "
Ficou com medo do diabo?
"Claro, mas eu também sabia que Jesus tinha vencido Satanás e da Virgem tinha esmagado ele. Então eu me coloquei sob a proteção de Jesus e Maria. "Envolver-me em sua capa", eu disse à Virgem ", e eu sempre me sinto seguro." E, de fato, ao longo dos anos tenho realizado mais de 70.000 exorcismos e isso nunca aconteceu comigo. "
Quais foram suas primeiras experiências como?
"Não houve tempo para saborear experiências. Havia muito trabalho a fazer desde o Padre. Cândido estava mal de saúde. Na verdade, a experiência mais interessante foi trabalhar com ele. Cada dia era uma surpresa e uma nova lição. Ao seu lado, percebi que os livros foram praticamente inúteis. Experiência é o que conta, especialmente no que respeita tais temas delicados. É como se um jovem médico que tinha acabado de se formar foi dado um livro sobre a cirurgia que poderia explicar a ele como para realizar a cirurgia de coração aberto. Pe. Cândido, com seus 36 anos de experiência, foi um mestre incomparável.
"Eu percebi de imediato como exorcismos eram importantes para as pessoas que sofrem de males cruéis. E, ao mesmo tempo eu percebi que essas pessoas foram negligenciados, abandonados e muitas vezes deixou de lidar com seus problemas por si mesmos, devido à falta de exorcistas. Percebi que muitos bispos e padres não acreditam que o diabo pode causar doenças e outros distúrbios físicos em pessoas e, quando pediu ajuda, recomendam os médicos ou psicanalistas. Então eu disse a mim mesmo que eu precisava para informar as pessoas e, assim, comecei a escrever, dando entrevistas e participando em debates de rádio e TV, despertando enorme interesse. Eu escrevi três livros: o primeiro é chamado de um exorcista conta sua história ( Ignatius Press ), e foi traduzido em treze línguas diferentes. A versão em Inglês já está em sua nona edição. Eu, então, escreveu contos novo por um exorcista ( Ignatius Press ) e recentementeExorcistas e Psiquiatria ( Edizioni Dehonomiane ), que ainda precisa ser traduzido para o Inglês.
"Esta atividade popularização da mina ajudou suscitar o debate ea indiferença eo ceticismo de alguns bispos também. Costumava haver dioceses sem sequer um exorcista. A situação melhorou consideravelmente. »
Quais os problemas físicos podem causar o Diabo?
"Vários tipos, que vão desde a posse do corpo real, a tormentos, as doenças e posse de sua casa. Pessoas possuídas pelo demônio, ou seja, aqueles cujo corpo 'fisicamente' foi invadida por espíritos satânicos, são muito raros. Mas existem muitas pessoas que estão perturbados ou oprimidos por Satanás. "
E exorcismos podem superar estas dificuldades?
'Exorcismo é um medicamento, uma ajuda especial. Jesus disse a todos os crentes "Em meu nome expulsarão demônios ..." (Marcos 16:17). Esse poder que Jesus deu a todos os Seus crentes é completamente válido. É um poder baseado na fé e oração, que todos podem usar em suas vidas diárias.Mas este é apenas sobre os casos normais, as tentações diárias e pequenos problemas satânico. Quando Satanás, por motivos particulares, decide destino de uma pessoa e assumir o seu corpo, atormentando o possesso tentando destruir-lhe, então, uma poderosa intervenção é necessária. A Igreja estabeleceu um rito especial para este objectivo muito: exorcismo. Trata-se de uma oração especial que é realizada em nome da própria Igreja, por pessoas encarregadas dessa função. É por isso que o exorcismo deve ser realizado exclusivamente por bispos ou presbíteros que tenham sido nomeado especialmente pelo seu bispo diocesano. Os leigos não podem realizar exorcismos. Os resultados são quase sempre positivas, e às vezes, sensacional. No entanto, é essencial ter fé, rezar muito e, em alguns casos, podem passar anos antes que uma pessoa é completamente livre da possessão demoníaca. "
Você mencionou que o Diabo também pode causar doenças?
"Exatamente. O Diabo tem o poder de causar doenças físicas e mentais. Houve inúmeros casos em que eu conheci pessoas que tinham gasto uma fortuna indo de um especialista para outro, em uma tentativa de aliviar seu sofrimento. No entanto, seus médicos, após ter efectuado todos os tipos de testes, incluindo os mais sofisticados, não conseguiram encontrar nada de errado. E, no entanto estas pessoas continuam a sofrer e sentir-se morrendo lentamente. Esses distúrbios são, assim, misteriosa, mas real, fazendo com que estas pessoas a perder peso, reduzindo-as para a pele e os ossos, tornando-os muitas vezes acamados. Em tais casos, é possível que o Diabo tem uma mão nela e, assim, a oração e exorcismo só pode produzir resultados úteis. Eu tenho visto pessoas em sofrimento, morte é porta de doenças desconhecidas para a medicina moderna que se recuperaram graças à ajuda de exorcismos.
Quem pode chamar a atenção de Satanás?
'Qualquer um. Eu tive casos que envolvem pessoas de todas as esferas da vida: pessoas simples, donas de casa, mas também professores, médicos e políticos, os leigos, assim como padres e freiras. É importante especificar que a possessão demoníaca e obsessão envolve o corpo. Satanás pode afetar o corpo de alguém, mas nunca a sua alma. Ele só pode se tornar o mestre da alma de alguém, se essa pessoa mãos sobre ela a ele por sua livre e espontânea vontade. Assim, qualquer pessoa pode acabar em mãos de Satanás. Houve até mesmo santos que têm sido seriamente perturbado pela força de Satanás. "
Como podemos nos defender contra o Diabo?
"Acima de tudo, levando uma vida saudável, consagrada a Deus. Satanás é inimigo de Deus. Deus é nosso Pai, um Pai amoroso. Aqueles que furar a Deus através da oração e uma vida baseada na justiça e verdade, através da orientação da Virgem Maria, os santos e anjos da guarda, se colocar em um local protegido.Mesmo que, como eu já disse, há casos de pessoas boas e santas que, por motivos misteriosos de Deus, são postas à prova. No entanto, quem vive na indiferença, no alheamento, longe de Deus, está aberta para uma conquista fácil satânico. Pior ainda são aqueles que procuram experiências para além do limite e buscar o mundo satânico. Nestes casos, é praticamente impossível evitar acabar nas garras do diabo. "
O que você entende por "experiências fora do limite?
"Refiro-me àqueles que buscam deliberadamente o Diabo juntando seitas satânicas. São grupos secretos que são difíceis de identificar, mas que existem e funcionam. Eles são bem organizados, eles têm pontos de encontro, os sacerdotes e ritos que terminar na chamada "Black Masses". Cada agora e então, você leu nos jornais que sacrários foram vandalizadas e roubadas hóstias consagradas: os actos praticados por adoradores de Satanás para o seu "Black Masses".
Você já conheceu alguém que tenha participado dessas seitas satânicas?
"Alguns. Não são muitos no entanto, porque quem entra essas seitas acha difícil sair. "
Por que alguém escolheria ser um seguidor de Satanás?
"Normalmente, por razões muito básico. Para ter benefícios imediatos, como por exemplo: dinheiro, prazer, sucesso e poder. Amarram-se a Satanás, com pactos de sangue real. Eu tenho visto muitos desses pactos, porque quando alguém tenta sair dessa situação, ele ou ela me traz o "documento" escrito e nós queimamos juntos. Estes pactos costumam ler: "Satanás, tu és o meu deus, eu me entrego a você, quero ser seu por toda a eternidade, eu adoro você''.
Será que essas pessoas que se ligam a obtenção de Satanás, o que favorece a perguntar?
"Satanás é um mentiroso e um trapaceiro. No início, ele assegura a seus seguidores obter tudo que eles desejam, mas depois que ele destrua todos os seus seguidores, porque como diz a Bíblia, ele é homicídio desde o início.''
Você descreve uma imagem dramática ...
"Eu seria um mentiroso se eu dissesse que a situação era diferente. Devemos ter uma visão clara da realidade de nossas vidas. Nossa experiência na terra é um teste, uma batalha para alcançar a vida eterna. A Igreja foi instituída por Jesus para ajudar as pessoas em sua luta contra o mal. Mas se as pessoas da Igreja, os deputados lá para ajudar a humanidade, não se unem com determinação contra Satanás e luta com unhas e dentes para salvar seus irmãos e irmãs, então Satanás é livre para criar o caos e destruição, com a impunidade. maior triunfo de Satanás é a convicção da humanidade que ele não existe. "
Trinta anos atrás, o filme famoso "O Exorcista" foi lançado. O que você acha deste filme?

É um dos meus filmes favoritos! Naturalmente, os efeitos especiais são exagerados, mas é um bom filme, e substancialmente exata, baseada em um romance respeitável, que se reflete em uma história verdadeira. Eu o recomendo. As pessoas precisam saber o que fazemos. "
FONT:
O Exorcista O Exorcista Reviewed by cristãos atitude on 07:57 Rating: 5

Um comentário

  1. QUEM DUVIDA DA EXISTÊNCIA DO DEMÔNIO NÃO É CATÓLICO (PASSAMOS POR PROVAS SIMILARES ÀS DOS ANJOS DECAÍDOS)
    A recente vida de São Pio, perseguido pelo demônio – anjos decaídos, reprovados no teste de amor a Deus – e em nós ao sugestionar o mal, cairmos e permanecer na injustiça, atesta a mais a veracidade de sua existência e suas várias ações, especialmente nesse mundo ultra racional-materialista, que crê apenas no admitido pela ciência.
    Mas, sob a fé cristã, em várias citações, Jesus fala sobre suas ações e do inferno vinculado ao mesmo pelo menos 11 vezes. E refere-se ainda o que é capaz de fazer: 2 Cor 11.14: Não é de se estranhar pois o próprio Satanás se transfigura em anjo de luz, por conseguinte não é de surpreender que seus ministros em servidores da justiça. Em Mt 10.25: Belzebu; Demônio: Mt 4.12 e Lc 4.2 e Mc 1.13, como adversário. Em 1 Pd 5.8: Sede sóbrios e vigilantes! Eis que o vosso adversário, o diabo, vos rodeia como um leão a rugir, procurando a quem devorar.
    A Teologia (heresia) da Libertação – TL – aparentemente religiosa, de teologia nada possui por ser materialista e atéia nega sua existência e também aprova o aborto, feminismo, uniões gays, glbts, eutanásia, pedofilia, indistinção sexual, seitas supostamente evangélicas mas com cultos similares aos dos centros espíritas com pessoas em aparentes transes, superstições, etc., são das diversas facetas com que se apresenta a relativizar e extirpar a fé da Igreja-Cristo e na sua oculta ação.
    O melhor presente ao demônio é negar sua existência; ele terá tempo a mais disponível para cuidar de outros, afinal, quem o nega já é "de casa".
    No mundo atual o ambiente lhe é favorável: crêem mais nas ideologias e propostas dos partidos socialistas/comunistas de fazer desse mundo um paraíso, cientificismos e tecnologias que da necessidade de Deus, em evidentes orgulho e soberba de quererem se julgar auto suficientes.
    Interessante é isso grassar em todos os níveis, abarcando quase todas as correntes doutrinárias, como religiões provindas do Oriente, em que o homem se liberta por auto conhecimento e exercícios meditacionais, tornando-se espécie de semi deus, integrado ao mesmo – panteísmo e deísmo subjetivista – bastando desenvolver-se; assemelha-se à proposta de espiritismo de auto purificar por reencarnações seguidas. São as satânicas posições adotadas pela “Nova Era-NWO” em sua crédil diversidade, envolvendo os mais variados cultos de espiritismo, animismo, umbanda, candomblé e todas as suas variantes onde existam esoterismos/ocultismos.
    O pior será ao final da vida a terrível surpresa: receberá pessoalmente do diabo o prêmio pelo descrédito nele, ganhando-o, ao aceitar ideologias modernistas e ter caído nas ciladas engendradas para envolver os incautos.
    Seria boa idéia duvidar do diabo e após a morte recebê-lo como troféu e o ter junto a si pela eternidade?

    ResponderExcluir